Como correr sem se lesionar 2

Saiu hoje (9/12/2016) no G1 (site de notícias) que cientistas fizeram uma comparação entre andar descalço versus andar calçado e correr descalço versus correr calçado e concluiram o seguinte: ligeira (quase desprezivel) vantagem no longo prazo para andar descalço e nenhuma diferença entre correr descalço ou calçado. Disseram que correr calçado causa problemas de fascite plantar, problemas no joelho, quadril e costas (coluna) e correr descalço ocasiona mais problemas no tendão de aquiles e em tendões na extremidade inferior. Que me desculpem os cientistas mas, hahahahaha. Isso é simplesmente não querer dar o braço a torcer. Eles bem mencionaram o local das lesões, mas não mencionaram a incidência!!!!! Por experiência, sim, eles estão certos nos locais das lesões. Mas a incidência, na minha experiência e na de outros: é muito, mas muito menor quando se corre descalço.  lala

As poucas dores que tive foram na panturrilha, na posterior da coxa. e, recentemente, na articulação coxo-femural. O problema na articulação poderia ter acontecido calçado ou descalço. Estava frio e distraído, fui olhar para o lado e dei um passo mal dado numa depressão na pista e comecei a sentir um tendão na parte posterior da coxo-femural. Parei de correr, obviamente, não porque não conseguisse correr, mas porque respeito meu corpo. Fiz eu mesmo o ajuste  articular e, depois do clac da coxo-femural se ajustando, voltei a correr sem problemas. Já os musculares (panturrilha e posterior de coxa) eu atribuo a duas coisas: 1) tomar muito café e coca-cola e proporcionalmente pouca água e 2) alongar antes de correr. Sim, alongar antes de correr. Quando parei de me alongar antes de correr as “distenções” musculares acabaram. Quando preciso, e só quando preciso porque sinto os músculos muito tensos, alongo depois do exercício, nunca antes.

Abaixo alguns links para mostrar como se corre do jeito certo (sustentavelmente, isto é, correr muitos quilômetros e por muitos anos) e do jeito errado (você vai gastando as articulações e, quando elas se forem, adeus corrida e adeus um monte de coisas).

O que acontece quando você corre “aterrisando” com o calcanhar ou com a ponta do pé:

 

A dor existe para nos informar que há algo errado. Quando se coloca uma lapa de borracha entre o pé e o chão sabotamos os nossos muitos receptores podais e eles não conseguem mais nos informar, através da dor, que nossa passada está errada. Então a gente corre errado e, lá na frente, meses ou anos depois, os joelhos ou a coluna ou outra parte de nosso corpo está tão danificada que não dá mais para correr nem para corrigir o problema.

Correr com o calcanhar descalço – impacto excessivo! Mas o corredor sente a dor que avisa que algo está errado.

https://youtu.be/SPP7jFiTocQ

 

Correr com o calcanhar calçado – melhora o impacto, mas ainda é excessivo. Corredor não sente a dor avisando que há algo errado!

https://youtu.be/zavoQM3727s

https://youtu.be/F0UlMam8-lw

 

Tocar o chão com a ponta do pé quando se corre – o impacto praticamente desaparece e não há dor, isto é, não há nada de errado. Os videos mostram um pé descalço mas você não precisa correr descalço para eliminar o impacto. Pode usar um tênis desde que a passada seja dada corretamente, não com o calcanhar.

https://youtu.be/TjrEyfQC5NQ

https://youtu.be/r6YhVN_YIUk

 

reportagem sobre correr maratona curitiba descalço http://transpirando.com/2009/11/23/correndo-descalco-a-maratona-de-curitiba/

meia maratona descalço http://revistacontrarelogio.com.br/blogs/corredolatra/2011/02/28/corri-a-meia-de-sp-descalco/    Obs: a “huarache” a que ele faz menção (com link http://www.invisibleshoe.com/#order) é a mesma que aparece na foto do correr sem se lecionar 1, que eu mesmo fiz para correr.

Para ler minha experiência antes e depois de mudar a passada clique aqui. Para instruções sobre como correr sem se lesionar, o terceiro e último post, clique aqui.

PALAVRAS para pesquisar: correr descalço, barefoot running, minimalist shoes

 

2 comentários sobre “Como correr sem se lesionar 2

  1. Jancy Medeiros disse:

    Li essa matéria no G1 e ia te mandar! Gostei muito do seu artigo, principalmente pq vc admitiu as incidências de lesões mas mostrou o quadro completo, algo que o G1 não analisou, e que todo jornalismo deveria fazer para mostrar imparcialidade. Ótima leitura, obrigado por ter postado aqui!

    Curtido por 1 pessoa

  2. ricolag disse:

    Oi Jancy, obrigado pelo comentário! É sempre bom saber que o que a gente escreve é lido e apreciado. Por falar nisso, você tem alguma experiência com corrida que queira compartilhar aqui?

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s