Escalada Urbana com Objetivo Altruísta!

Em dezembro de 2019 fiz um curso de acesso por corda e fui certificado pelo IRATA Brasil e IRATA Internacional. Trata-se de normas de segurança e regras para escalada industrial que todas as empresas hoje pedem para contratar trabalhadores para fazer serviços em altura. Essas normas diminuíram muito os acidentes que costumavam ocorrer. Na primeira semana de janeiro de 2021 fiz o curso de resgate e salvamento em altura e espaços confinados. Na verdade, técnicas para içar ou deslocar pessoas por corda em caso de emergências ou acidentes. Inclui o uso do tripé, da maca e de técnicas por cordas como tirolesa, rapel guiado, sistemas de redução de força e outros. O curso foi muito bom e eu passei na avaliação. Agora, de acordo com diversas normas nacionais e internacionais estou apto para esse tipo de trabalho por dois anos.

Gostei mais de três técnicas: tirolesa, rapel guiado e dos sistemas de redução de força. Com roldanas é possível reduzir 75% do esforço de puxar uma vítima mais equipamento de socorro (maca, etc.) e até um outro socorrista. Por exemplo, duas pessoas mais equipamento podem facilmente chegar a 200kg. Com um sistema de redução 4:1 é possível fazer apenas 50kg de força para içá-los verticalmente (na verdade, um pouco mais que isso por conta do atrito, mesmo usando roldanas). E isso pode ser feito com contrapeso ou com os músculos da perna. Se minhas pernas carregam normalmente 80kg fica fácil levantar apenas 50kg! E não é só a redução de força, usar trava-quedas para dar segurança e para fazer algumas manobras.

Infelizmente, não faço parte de nenhuma equipe de resgate e não tenho perspectivas de fazer, no curto prazo. Seria interessante usar esse conhecimento para ajudar outros e adquirir um pouco mais de prática. O último exercício que fizemos no curso foi tirar uma pessoa presa numa cadeirinha de teleférico parada. Tive que subir na “torre”, me deslocar pelo cabo de aço com uma roldana e chegar até o passageiro na cadeirinha pendurada no cabo, colocar um “cinto” no passageiro e baixá-lo por corda até o chão.

Foi muito interessante aprender essas técnicas. Estou com desejo de praticá-las mais mas não tenho todo o equipamento (nem de perto) e faltam pessoas para “brincar” comigo (ainda mais em épocas de pandemia). O jeito é praticar na pérgula da varanda com o equipamento de escalada. Dá para o gasto.

Link para um vídeo do treinamento para resgatar uma pessoa presa num teleférico: https://vimeo.com/499619973

Içamento, transporte horizontal em altura e baixamento.

2 comentários sobre “Escalada Urbana com Objetivo Altruísta!

  1. Jancy disse:

    Ag meu amigo que saudade de estar perto de você e poder te acompanhar nesses cursos práticos e que dão uma refrescada na mente. Fiquei feliz em saber da sua certificação, quem sabe ainda usa pra Betel quando acabar a pandemia? Suas habilidades de escrita continuam afiadas, seu texto é leve e agradável. Parabéns!

    Curtir

Deixe uma resposta para ricolag Cancelar resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s