Meu terceiro jejum! Nove dias só bebendo água.

Voltei de uma viagem empanzinado! Além de estar me sentindo mal, estava com pouco mais de 82 quilos, talvez 83. Cheguei na quinta e na sexta fui correr. Tive um péssimo desempenho! Foi a gota de água! Resolvi fazer um jejum com dois objetivos: me sentir melhor (desempanzinar, tirar toda aquela dilatação estomacal, ter mais energia) e perder um pouco de peso. Resolvi começar no dia seguinte, sábado mesmo, num final de semana em que daria aulas. A última refeição foi na sexta à noite.

Tudo correu suavemente até domingo à noite quando voltei para casa das aulas. Meu filho, Ian, que cozinha bem, havia feito uma refeição muito gostosa (e cheirosa) e havia convidado uns amigos para jantar. Eu estava incluído, claro. Mas tive de declinar, e fui dormir bem cedo!

Na segunda passei o dia em casa trabalhando no computador e quando em casa, dá vontade de comer alguma coisa. Especialmente quando você acorda e sente o cheiro do café que os outros estão tomando e vendo as coisas que eles estão comendo! Na terça fui visitar meus pais e uma amiga da Itália estava lá. Ela fez a massa do spagetti e todo o molho carbonara! Bacon e ovo! E eu lá! Bom, enquanto eles comiam eu deitei na rede e tentei tirar um cochilo sentindo o aroma do bacon. Na quarta fomos na casa de uns amigos e eles serviram um escondidinho de frango no aipim que parecia (e cheirava) uma delícia! Mais uma tentação!

Na quinta minha mulher fez croquetes de carne com a carne! Eu A-M-O croquetes de carne! Resisti bravamente!

Mas, desta vez, por conta de tantas tentações gastronômicas, estava sentindo uma leve, muito leve, aziazinha. Um leve desconforto no estômago. De quinta para sexta sonhei que estava comendo um delicioso prato fundo de carne com feijão e arroz! Acordei me sentindo super bem! Minha neurologia deu um jeito de resolver meu desejo de comer, hahaha. E funcionou!

Sexta era o sétimo dia, o dia de terminar o jejum. Mas teria aulas no final de semana de novo. Como não fico exposto a muita tentação gastronômica durante as aulas resolvi continuar o jejum até domingo à noite, 9 dias. E foi isso o que fiz. A única coisa que não fiz nesses dias foi exercício físico forte. O resto foi normal. Até caminhei bastante cuidando de resolver problemas, fazendo compras, etc.

Domingo às 17 horas comi uma fatia de melancia. Às 19, meio mamão papaia. Às 21 uma pêra e outra metade do mamão papaia. Fui dormir. No dia seguinte comi uma pera acompanhada de um copo de água. Uma hora depois tomei café com creme de leite e uns biscoitos de gergelim. Duas horas depois comi dois biscoitos amanteigados com água. Almoçei pequenas quantidades de arroz integral com caldo de feijão, batata doce, cenoura cozida e peixe frito e meio litro de água. De noite duas cozinhas de galinha (teria sido melhor ter comido uma só, fiquei meio abarrotado – foi gula mesmo). Na terça (hoje) já foi alimentação normal em quantidades menores do que as usuais. E pretendo continuar assim por um tempo.

De 82,5kg fui para 75,5. Espero ganhar uns 4 quilos na realimentação e estacionar próximo aos 80, que é o meu alvo. Hoje, no segundo dia após o jejum, já me deu vontade de correr de novo! Estou me sentindo muito bem fisicamente e comigo mesmo.

Jejum de 9 dias, atualização!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s